Sessão Solene destaca os 163 anos de história da Câmara

Em 1858 foi criada oficialmente a segunda maior Casa Legislativa do Maranhão

Foi realizada na manhã desta terça-feira, 28, Sessão Solene alusiva aos 163 anos da Câmara Municipal de Imperatriz, que foram completados no último sábado (25). Na ocasião foram feitas homenagens a três ex-presidentes do legislativo municipal, são eles: José de Ribamar dos Santos Veiga (01/01/1984 a 31/12/1986), João Francisco Silva (24/071996 a 31/12/1996) e Adhemar Alves de Freitas (01/01/2005 a 31/12/2006 e 01/01/2007 a 31/12/2008).

Os ex-presidentes agradeceram na Tribuna pelo reconhecimento e lembrança. Na sessão foi entregue o título de cidadania ao Major do Batalhão do Corpo de Bombeiros, Israel Aguiar Chaves, por indicação do vereador Jhony Pan (PL).

Adhemar Freitas Jr (SDD) reforçou a importância histórica da Casa Legislativa e agradeceu aos idealizadores da sessão pelo reconhecimento prestado aos presidentes das legislaturas passadas.

       “Um marco. 163 anos de história. Nós que estamos aqui legislando e conversando com aqueles que passaram por esta Casa, sabemos das dificuldades, das angústias vividas e da nossa vontade incessante de poder contribuir e fazer mais pela cidade. Todos que aqui ocuparam cadeiras viveram isso. A história por si só conta a grandeza desta casa. Parabéns a todos os ex-presidentes e ex-vereadores por fazerem esse marco, de contar a história do poder legislativo”, destacou o vereador.

Chiquim da Diferro (DEM), parabenizou a iniciativa da sessão solene e o destaque aos três ex-presidentes do parlamento, e lamentou que “ quando um vereador sai, cai no esquecimento” e ainda salientou que é preciso “procurar meios para que isso não aconteça com quem ajudou a construir a cidade e se mantenha na lembrança das pessoas”.

Flamarion Amaral (PCdoB), declarou que a história não pode continuar a ser apagada e que é importante que as crianças conheçam o passado da cidade natal.

“Quantos foram esquecidos ao longo do tempo, temos que buscar uma forma de imortalizar o que aconteceu para que as novas gerações valorizem tudo que passou. Eu já fui criança e passei por essa Câmara olhando e me questionando sobre várias coisas; hoje sou vereador e meu irmão deputado. Isso me fortalece e me dá uma grande honra. Parabéns aos vereadores e ao poder legislativo pelo seu legado”, disse Flamarion.

Renê Sousa (PTB) elogiou a iniciativa da direção em proporcionar esse momento de homenagens àqueles que deram e continuam contribuindo com a população de Imperatriz.

“ Isso vem lembrar e valorizar o trabalho de homens e mulheres da nossa cidade e o mais importante, homenagens feitas em vida. Eles estão aqui se alegrando, se emocionando conosco e suas famílias. Embora de forma simples, é um reconhecimento do que eles fizeram pelo município através do parlamento municipal. Parabéns por tudo que fizeram. Estamos aqui por que vocês pavimentaram o caminho”, agradeceu o vereador.

Bebé Taxista (AVANTE) confessou que, entre tantas sessões, “pela primeira vez se emocionou de verdade ao ver o depoimento do ex-presidente Veiga” e manifestou o desejo de “um dia nós também possamos ser homenageados e que tenhamos a mesma emoção com nossas consciências tranquilas por termos feito um bom trabalho”.

Zesiel Ribeiro (PSDB), falou da importância da Câmara de Imperatriz e do sentimento de quem passou pelo legislativo de Imperatriz.

“História é a ciência que relata os fatos importantes, que estuda o passado e hoje vivemos o presente que logo irá virar história também. Cada Legislação tem sua importância no seu devido tempo e este está sabendo reconhecer o valor dos parlamentos anteriores. Estamos aqui, porque muitos lutaram para que essa casa existisse. Devemos lembrar do passado e inclusive teremos no nosso portal a galeria dos ex-presidentes e de todos os ex-vereadores com biografias e projetos relevantes para que os estudantes possam consultar e ter acesso a quem fez a história. Somos mais que leis, indicações e debates. Criamos oportunidades a quem chega na cidade. Parabéns a todos”.

 

História

Imperatriz foi fundada em 16 de julho de 1852, por frei Manoel Procópio, quatro anos depois – 1856 – na Assembleia Provincial do Maranhão, sob a presidência do Sr. Manoel Gomes da Silva Belfort, o Barão de Coroatá, estabeleceu a construção de local que pudesse servir temporariamente para sessões da Câmara Municipal e após mais dois anos, em 25 de setembro de 1858, foi instalado oficialmente o Poder Legislativo Municipal. 

  • 28/09/2021 15:00:00
  • Fábio Barbosa
  • Sidney Rodrigues/ Karoline Tragante