Flamarion Amaral exige que Zona Azul pare com cobranças indevidas

O vereador quer que urgentemente seja revista essa prática de cobrar por colocação de contêineres nas construções do centro

Esta semana o vereador Flamarion Amaral (PCdoB), no uso da Tribuna, fez um protesto relacionado a denúncia que ele foi comprovar in loco.

Explicou que todo aquele que tem uma residência/comércio no centro e vai reformar, para não obstruir as calçadas e atrapalhar os pedestres, aluga um contêiner para colocar os entulhos. Em alguns lugares o próprio estado ou o município fornecem esta facilidade para contribuir com a mobilidade, não ferir o direito de ir/vir, e evitar a sujeira na rua. Mas aqui em Imperatriz, com toda a dificuldade que o comércio está passando e os custos altos de se mexer com construção, as pessoas contratam o recipiente, mas são obrigadas também a pagarem para a Zona Azul a utilização do espaço, e ainda recebem ameaças de que se não for pago, irão recolher as caçambas.

O parlamentar destacou que neste momento difícil, pequenos e grandes comerciantes estão passando por uma dificuldade gigantesca, seja em Imperatriz, no Brasil ou no mundo, e entende que a gestão municipal, com esta atitude, não está tendo sensibilidade com os imperatrizenses. Além disso a cobrança é para veículos, não para reservatórios de escombros.

 

“Quero que a Câmara se posicione, pois nós não iremos aceitar que empresa alguma venha de fora e queira dar uma de ‘Lampião’ aqui. Temos homens e mulheres neste parlamento que não irão aceitar isto. Deixem as pessoas trabalharem, parem de atrapalhar e massacrar o povo. Peguem o que é arrecadado de tantas multas, taxas, impostos para ampliarem a secretaria de infraestrutura e tapar tanto buraco, ou para ajudar a população diminuindo custos - como a dessa cobrança - não para arrancar mais dinheiro do povo, deixem as pessoas respirarem e sobreviverem”.

 

Flamarion afirma que muitos comércios estão fechando ou demitindo, enquanto a Zona Azul ainda afasta os clientes, que estão se desviando das lojas por conta das cobranças. Exige que seja revista urgentemente essa política de arrecadar até em cima de contêineres, que já são alugados.

 

“Os empresários estão amargando sérios prejuízos em razão da pandemia e agora mais isso. Se essa prática continuar, demonstra uma grande falta de compromisso e responsabilidade com quem movimenta a economia da cidade. A administração dessa Zona Azul vai ser chamada aqui para mostrar a cara e olhar nos olhos dos 21 vereadores para explicar isso. Prestem atenção no que estão fazendo”, finalizou.

  • 31/03/2021 16:14:10
  • Fábio Barbosa
  • Sidney Rodrigues - ASSIMP