08/04/2014 21:38:19

Hamilton Miranda defende diálogo para evitar greve‏

Professores e profissionais da saúde participaram nessa terça-feira (8) da sessão da Câmara Municipal

. Foto:
Gil Carvalho Imperatriz – O presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, Hamilton Miranda de Andrade (PSD) assinalou nessa terça-feira (8) que conversou com o prefeito Sebastião Madeira sobre o movimento de advertência de greve deflagrado pelos profissionais da educação e da saúde de Imperatriz. “Estive ontem (segunda-feira, 7) conversando com o prefeito sobre essa situação e solicitei que sentasse com os lideres sindicais, bem como fosse apresentado aos vereadores e à população o quadro financeiro do município de Imperatriz”, disse ele, que anseia por um entendimento entre o município e os servidores lotados nas áreas da educação e da saúde. Miranda considera de fundamental importância que sindicalistas e o governo municipal mantenham entendimentos no propósito de evitar a greve nas áreas da educação e da saúde pública de Imperatriz. “Nós queremos que haja um entendimento entre as partes o mais rápido possível”, defendeu. O vereador Rildo de Oliveira Amaral (SDD) lamentou a falta de diálogo entre os sindicatos e o município de Imperatriz. “Nunca vi a pessoa trabalhar um ano e não ter reajuste salarial, pois apoiamos o movimento dos trabalhadores da educação e da saúde pública”, frisou. Em aparte, o vereador Carlos Hermes (PCdoB) enalteceu a postura o vereador-presidente Hamilton Miranda que propôs a realização da Tribuna Popular (20 minutos, de acordo com o Regimento Interno) com a participação dos diretores dos sindicatos da Educação e da Saúde. “Gostaria de parabenizá-lo (Hamilton Miranda) por essa iniciativa, pois observamos que não existe por parte dos servidores nenhuma intenção de ir para o confronto com os vereadores e o prefeito”, reconhece ele, que reforça o apelo dos servidores para se abrir um canal de diálogo com o governo municipal. Hermes disse que o prefeito Sebastião Madeira deverá viajar na próxima sexta-feira (11) para o exterior, devendo assumir o comando do município por um período de 10 dias o vereador-presidente Hamilton Miranda [ainda não foi confirmado, mas especula-se essa possibilidade]. “Se isso acontecer, o presidente Hamilton deverá assumir o comando do município durante o período de negociação [11 a 19 de abril] devendo ocorrer um diálogo de maneira satisfatória”, finaliza.

Fonte: