06/11/2015 15:24:36

“Comércio não deve funcionar em feriados nacionais”, diz vereadora‏

Fátima Avelino garantiu que o projeto deve retornar e manterá seu voto contra.

 “continuarei votando contra esse projeto” “continuarei votando contra esse projeto”. Foto: Fábio Barbosa/Assimp

Imperatriz – Polêmico, o projeto de lei que disciplina o horário excepcional de funcionamento do comércio, inclusive na véspera e dias feriados, semelhante ao dos shoppings centers, diverge os vários segmentos da comunidade de Imperatriz.

A vereadora Fátima Avelino (PMDB), que solicitou a retirada do feriado de “Sábado de Aleluia” do Projeto de Lei, esclareceu que somente votaria a favor da proposta, caso fosse suprimido o artigo que prevê o funcionamento do comércio em dias feriados nacionais.

“Defendo que essas mulheres-trabalhadoras tenham direito, por exemplo, no Dia das Mães de comemorar essa data com sua família, pois na véspera chegam a trabalhar até às 22h em alguns estabelecimentos comerciais”, justifica ela, que compreende o respeito a legislação trabalhista que define o calendário de folga dos trabalhadores.

Ela diz que o entendimento é para excluir do projeto de lei original o horário de funcionamento do comércio em dias feriados, sendo exaustivamente debatido e votado em plenário, terminando no empate de dez a dez.

Fátima Avelino garantiu que o projeto deve retornar para votação para o desempate, porém adiantou que manterá a decisão em votar contra a aprovação do Projeto de Lei que disciplina o horário excepcional de funcionamento do comércio de Imperatriz.

 

“Tenho uma posição firme; votei contra e continuarei votando contra; projeto deve retornar na próxima semana para votação”, afirmou ela. 

Fonte: Gil Carvalho/ Assessoria