Vereador Aurélio cobra diálogo entre Prefeitura e VBL‏


Post

No uso da tribuna da Câmara Municipal de Imperatriz, o vereador Aurélio (PT) cobrou ao prefeito Sebastião Madeira, para que estabeleça diálogo com a administração da empresa Viação Branca do Leste (VBL) a fim de solucionar a greve deflagrada pelos motoristas e cobradores de ônibus dia 29 de setembro.

Essa é a quarta greve do ano e, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários, 20% dos funcionários da empresa VBL estão com dois salários em atraso e 80% com um mês. Além disso, todos acumulam atrasos no recebimento de cestas básicas e adiantamentos.

“Mais uma vez, clamamos ao Prefeito de Imperatriz para que faça um canal de diálogo com a VBL. A empresa não pode alegar prejuízos, nós é que denunciamos falta de administração. Os ônibus são precários, lotados e os trabalhadores não recebem seus salários. A gestão da empresa é que presta um péssimo serviço”, denuncia Aurélio.

Sob aplausos de trabalhadores e trabalhadoras presentes na Câmara, o vereador coloca ainda como solução, a abertura de uma nova licitação para a prestação do serviço de transporte coletivo, considerando a quebra de contrato por parte da empresa, irregularidades administrativas e precariedade.

Em vídeo divulgado nas redes sociais através do “Movimento pelo Transporte Público”, estudantes se solidarizam com os trabalhadores em greve, mas denunciam negligência da empresa e da Prefeitura. “Sabemos que os motoristas têm dificuldade de receber o salários deles (...) nós entendemos. Eles estão sem receber, nós estamos sem transporte para ir à escola. As duas classes perdem com isso. Só quem ganha é a empresa que não paga e a Prefeitura que não fez os repasse”, explica a secundarista Raquel Costa. 

PROTESTO – O movimento convoca a população para o “Ato em defesa do Transporte Público e do Passe Livre”, a ser realizado na próxima quinta-feira (22), com concentração no Camelódromo de Imperatriz, a partir das 15 horas.