11/09/2015 02:48:07

Câmara aprova novo reajuste da tarifa taximétrica‏

O projeto de Lei do executivo foi discutido e aprovado por unanimidade

“Temos que valorizar os taxistas, homens e mulheres de bem, que muitas vezes envelhecem atrás do vol “Temos que valorizar os taxistas, homens e mulheres de bem, que muitas vezes envelhecem atrás do vol. Foto: Fábio Barbosa/Assimp

Imperatriz – Em sessão ordinária, na quinta-feira (10), por votação simples, foi aprovado por unanimidade o Projeto de Lei do executivo nº 011/2015, que reajusta a tarifa taximétrica na cidade.

Os aumentos são baseados em planilhas provenientes do Índice de Passageiros por Quilômetro (IPK), e incluem desgastes dos pneus, depreciação do veículo, preços dos combustíveis e salário do motorista.

O projeto de Lei foi discutido nas Comissões Permanentes e, de acordo com os vereadores o aumento na tarifa é justo. A votação foi acompanhada por representantes da categoria.

O vereador-presidente José Carlos Soares Barros (PTB), informou que irá sugerir, por ocasião do próximo projeto de reajuste, uma gratificação especial a categoria. “Gostaria que os taxistas também tivessem um décimo terceiro, rodando pelo menos 15 dias do mês de dezembro com tarifa da bandeira 2, ou com um percentual maior. Temos que valorizar os taxistas, homens e mulheres de bem, que muitas vezes envelhecem atrás do volante, para que eles se mantenham sempre com sua frota renovada e um reajuste digno para que ninguém tenha prejuízo.”

Novas tarifas taximétricas aprovadas no município de Imperatriz

Bandeirada

R$ 4,92 (quatro reais e noventa e dois centavos)

Quilômetro rodado – Bandeira 1

R$ 3,65 (três reais e sessenta e cinco centavos)

Quilômetro rodado – Bandeira 2

R$ 4,49 (quatro reais e quarenta e nove centavos)

Hora parada

R$ 25,63 (vinte e cinco reais e sessenta e três centavos)

Volume com peso superior a 20 quilos

R$ 1,40 (um real e quarenta centavos)

 

 

Fonte: Mari Marconccine/Assessoria