09/09/2015 04:33:47

Deputado Marco Aurélio presta contas do mandato na Câmara de vereadores de Imperatriz ‏

São 240 dias à frente da Assembleia Legislativa do estado

Deputado presta contas em Tribuna Popular Deputado presta contas em Tribuna Popular. Foto: Fábio Barbosa/Assimp

O Deputado Estadual Marco Aurélio (PCdoB) participou de Tribuna Popular na Câmara de Vereadores de Imperatriz, solicitada pelo vereador Adonilson para fazer uma prestação de contas das ações  parlamentares nos mais de 240 dias de mandato na Assembleia Legislativa do Estado.

O professor Marco Aurélio destacou que 80% dos convênios conseguidos foram destinados à educação na construção de colégio, ginásio poliesportivo e  a recuperação de unidades escolares em Imperatriz e municípios da Região Tocantina. “Tivemos a oportunidade de receber das mãos do governador Flávio Dino, uma placa da Escola Digna, um reconhecimento as atividades do nosso mandato direcionadas à educação e o compromisso de destinar recursos para a construção de escolas, dentro do programa Escola Digna”, disse Marco Aurélio.

O deputado explicou que tem conversado diariamente com o prefeito Sebastião Madeira, o Secretário de Regularização Fundiária, Daniel Sousa e o procurador do município, Gilson Ramalho para apressar a doação da área de mais de 8 mil metros quadrados ao estado para a construção de uma escola modelo de 12 salas de aulas com quadra poliesportiva, um investimento de R$ 1 milhão de reais. “Peço também o apoio dos vereadores, uma vez que já está pronto para ir à licitação para que 2016 já tenhamos o início das aulas neste colégio e o benefício dos alunos do Parque Alvorada I e II e Vilinha,  alem de bairros vizinhos”, completou. 

Marco Aurélio citou a luta vitoriosa contra a redução do número de voos para Imperatriz, o que consequente aumentou os preços das passagens aéreas. “Nós encampamos esta luta ao lado da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz convencendo a empresa Azul a retomar a linha Imperatriz-Belém  e  operar na linha Imperatriz-São Luís”, acrescentando que o instrumento de negociação foi a redução do ICMS para as empresas que tivessem como escala Imperatriz. “A redução de impostos deve ser uma ferramenta que se coloque em condição de ajudar a sociedade e assim foi positivo, a TAM voltou a operar os voos que haviam sido cancelados e a Azul volta a operar em setembro, a linha Imperatriz-Belém e passa operar em outubro a linha Imperatriz-São Luís”.

Fonte: Mozart Magalhães/Assessoria