18/08/2015 14:47:58

Cobrança de duas contas de energia no mesmo mês será debatida em audiência pública‏

A dupla cobrança causou surpresa e revolta na população

Vereador Fidelis Uchoa propõe audiência pública para debater cobrança de energia elétrica, no único Vereador Fidelis Uchoa propõe audiência pública para debater cobrança de energia elétrica, no único . Foto: Fábio Barbosa/Assimp

Imperatriz – A cobrança de duas faturas no único mês tem sido alvo de questionamentos dos consumidores da Companhia Energética do Maranhão (Cemar). O tema será debatido durante audiência pública que será realizada nesta quinta-feira (20), a partir das 9h, no plenário Léo Franklin, da Câmara Municipal de Imperatriz.

A empresa lançou o projeto de reordenação das “rotas de leitura”, porém não avisou antecipadamente os consumidores sobre o pagamento de duas faturas, fato que causou surpresa e a revolta da maioria dos clientes da concessionária de energia elétrica.

Fidelis Uchoa (PRB), vereador que propôs a realização da audiência pública, considera de suma importância a participação dos representantes do órgão de Proteção e Defesa co Consumidor (Procon); do Ministério Público do Maranhão e da sociedade civil organizada de Imperatriz.

“Deixo bem claro que não se trata de uma perseguição à Cemar, mas é uma forma da concessionária prestar os esclarecimentos necessários à população de Imperatriz, pois os consumidores sentem-se lesados e foram pegos de surpresa por essa medida adotada pela empresa”, explica ele, que recebeu reclamações de moradores que à Cemar continua emitindo a segunda fatura aos consumidores.

Para ele, os consumidores e autoridades não podem ficar calados diante dessa imposição proposta, sem justificativa fundamentada, pela direção da Cemar. “Vamos discutir ainda nessa audiência o valor exorbitante da taxa de energia elétrica em Imperatriz, cujo tema será discutido aqui na Câmara de Vereadores, a Casa do Povo”, frisou. 

Ele observa que a “medida-surpresa” culminou em desestruturar o planejamento da maioria das famílias que consegue pagar duas faturas de energia elétrica em um único mês, podendo submeter o cliente ao corte do serviço. “Será que aconteceu esse fato em outras cidades? Ou somente em Imperatriz, no Maranhão?”, questiona.

Fonte: Gil Carvalho/ Assessoria