07/08/2015 15:48:51

Sentimentos de indignação marcam o uso da Tribuna durante sessão na Câmara Municipal‏

Parte dos vereadores usou a Tribuna, mostrando descontentamento em relação à fala do secretário municipal de Meio Ambiente, durante audiência pública

“O servidor público tem por obrigação respeitar quem lhe paga “O servidor público tem por obrigação respeitar quem lhe paga". Foto: Fábio Barbosa/Assimp

Imperatriz – A sessão plenária de quinta-feira (6), na Câmara Municipal foi marcada por manifestações de indignação por parte dos vereadores, ao fazerem uso da Tribuna Freitas Filho. O sentimento foi ocasionado pelo discurso do secretário de Meio Ambiente, ao participar da audiência pública, no dia anterior, que debateu modificações na lei que regulamenta o funcionamento de estabelecimentos noturnos. Na opinião dos vereadores, o secretário desrespeitou a casa e os cidadãos como um todo.

O vereador-presidente José Carlos Soares Barros (PTB), começou seu pronunciamento afirmando ser inadmissível que uma pessoa despreparada possa exercer um cargo público. “Ontem tivemos aqui a demonstração do que é um sujeito despreparado, desqualificado para exercer um cargo público. Não é possível que neste país se admitam em empregos públicos, pessoas que recebem o seu dinheiro como salário, e que ocupem uma tribuna dessas para se dirigir aos empresários e servidores da nossa cidade com tanta insensatez, com tanta desclassificação, com tanto despreparo para ocupar o cargo. É um absurdo!”

De acordo com José Carlos, o secretário municipal Richard Seba deveria ser punido com a demissão. “Se ele fosse meu secretário, ontem mesmo sairia do cargo. Não admitiria sua postura desqualificada para ocupar um cargo público da envergadura que é a pasta do Meio Ambiente dessa cidade. Ele chamou os garçons e empresários da noite de analfabetos, que eles precisavam se reciclar, deixar de trabalhar à noite, trabalhar na roça ou procurar o SINE pra se qualificar. O servidor público tem por obrigação respeitar quem lhe paga. Tem que ser humilde, ser decente, ter zelo com as pessoas.”

O vereador-presidente ressaltou que todo governo é representando por sua equipe de trabalho. “O governo Flávio Dino está ajeitando o governo do Maranhão com a cara dele. Assim também é o prefeito, ele ajeita o governo com a cara dele. Se o governo tem seus representantes simpáticos, trabalhadores, assim é a cara do governo. Se o governo tem a cara do secretário Richard Seba, é a cara do governo. Chico do Planalto é a cara do governo, os secretários da Fazenda, da Educação são a cara do governo. O governo é uma composição como um todo.” 

José Carlos finaliza seu discurso citando a frase de uma canção para se referir às atitudes do secretário de Meio Ambiente à frente da sua pasta: “Mas, já dizia Zeca Baleiro, ‘cada um é para o que nasce, com seu jeito e seu estilo de agradar a sua classe’. O Richard Seba agrada à classe política do prefeito Madeira, é educado, simpático, fino, tem bom trato com a coisa pública, a secretaria dele tá em pleno vapor, e todo mundo que vai lá, sai satisfeito; lavadores de carros, donos de postos de combustível, e agora os empresários da noite estão todos satisfeitos com ele.”

Fonte: Mari Marconccine/Assessoria