Governo do Estado ainda não iniciou a construção da sede do 14º BPM‏


Post

Imperatriz – A construção do 14º Batalhão da Polícia Militar, situado no bairro Parque das Mangueiras, em Imperatriz, ainda não saiu do papel, embora a área tenha sido doada em março do ano passado pela prefeitura ao Governo do Maranhão. Na época, a então governadora Roseana Sarney garantiu recursos para iniciar a construção do novo quartel, porém a obra nunca foi iniciada pelo Estado.

De 8.400 metros, o terreno doado para construção da sede do 14º BPM, inclusive aprovado pela Câmara Municipal de Imperatriz, poderá “perder” a finalidade e retornar ao patrimônio imobiliário do município para construção de equipamentos públicos.

Preocupado com a situação, o vereador Weudson Feitosa dos Santos (PTdoB), o bispo Eudes, voltou a reivindicar providências ao secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela; ao comandante-geral da Polícia Militar, cel. Marco Antônio Alves, e ao governador Flávio Dino.

Ele pretende viabilizar uma audiência com o secretário Jefferson Portela (Segurança) para solicitar-lhe explicações sobre a construção do complexo do 14º BPM que atualmente funciona em sede provisória no bairro Recanto Universitário, na região da Vila Fiquene.

“A descentralização dessa unidade militar trouxe uma tranquilidade à comunidade que reside nos bairros que compõem a grande Vila Nova, principalmente na área do Recanto Universitário que inicialmente o povo temia por causa do elevado índice de criminalidade”, disse ele, que faz um apelo para que medidas sejam adotadas no sentido de viabilizar a construção do novo batalhão no Parque das Mangueiras, área que disporá dos novos prédios do Fórum Henrique de La Rocque e do Ministério Público do Maranhão.