05/02/2015 14:25:40

Carlos Hermes defende implantação do Iema em Imperatriz‏

O assunto foi discutido durante a primeira sessão ordinária do ano

Carlos Hermes defende funcionamento de turmas do Ensino Médio no Governador Archer Carlos Hermes defende funcionamento de turmas do Ensino Médio no Governador Archer. Foto: Fábio Barbosa/Assimp

Na primeira sessão ordinária do ano, nesta quarta-feira (4), o vereador professor Carlos Hermes (PCdoB) defendeu a implantação da Universidade Estadual da Região Tocantina e do polo do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia (Iema), ambos na cidade de Imperatriz.

Ao fazer uso da tribuna, o vereador explicou que o governador anunciou, por meio do secretário de estado, da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Bira do Pindaré que a área destinada para a construção do campus de Ciências Agrárias da Uema em Imperatriz abrigará a estrutura da universidade da Região Tocantina.

“Teríamos a princípio um novo campus da Uema que seria construído em um terreno de cinco hectares, localizado próximo ao Parque de Exposição de Imperatriz, doado pelo Sindicato Rural. Entretanto, o secretário Bira informou que a proposta do governo é implantar na cidade uma instituição com autonomia pedagógica, financeira e orçamentária, para isso, pediu à direção da Uema que solicitasse mais cinco hectares da área, ao sindicato, para a construção desta universidade”.

Sobre o Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia, Carlos Hermes enfatizou que fará uma indicação ao governo do estado para que seja implantado um polo do instituto no município.  De acordo com ele, “o Iema trará novas perspectiva para a cidade em relação ao trabalho de Ciência e Tecnologia, semelhante ao desenvolvido, atualmente, pelo Ifma”. 

O parlamentar ressaltou ainda que fará a solicitação para que o polo do Iema funcione no Complexo Educacional Dorgival Pinheiro de Sousa. “É uma escola central, o que facilita o acesso dos estudantes, que hoje está com parte das suas salas sem funcionamento. É um espaço amplo que pode ser reestruturado para abrigar este instituto”, finalizou Hermes que pediu o apoio dos colegar vereadores na defesa desta bandeira de luta. 

Fonte: Paula de Társsia/assessoria