04/11/2014 18:26:26

Vereador Carlos Hermes denuncia demora na realização de cirurgias no Socorrão‏

O vereador citou casos de pacientes que estão há meses esperando por uma cirurgia no hospital

Na Tribuna, Carlos Hermes destacou que o Ministério Público já tem conhecimento da situação no hospi Na Tribuna, Carlos Hermes destacou que o Ministério Público já tem conhecimento da situação no hospi. Foto: Fábio Barbosa/Assimp

O vereador Carlos Hermes (PCdoB) usou a Tribuna da Câmara Municipal, nessa terça-feira (4), para se pronunciar a respeito da saúde pública em Imperatriz, sobretudo, no hospital municipal.  Durante a fala, o vereador citou casos de pacientes que estão há meses, no Socorrão, esperando por uma cirurgia.

“Nós fizemos uma visita ao hospital, no final do mês passado, e constatamos que temos um caos ali, com vidas expostas à sorte. Eu conversei com uma senhora que há mais de três meses espera por uma cirurgia de aneurisma. Uma colega professora há 35 dias espera por uma cirurgia de coluna, sendo que, ela já foi três vezes ao centro cirúrgico, mas não foi operada. Em uma das vezes, a colega não foi operada por falta de roupão. Isso é um absurdo!”

Carlos Hermes disse ainda que providências serão adotadas em relação ao problema, que, inclusive, reuniu-se com os promotores, Newlton Bello, responsável pela Promotoria da Saúde; e Nahyma Ribeiro, que responde pela Promotoria do Patrimônio Público e da Probidade. “Fizemos a denúncia desta situação aos promotores, e cobramos providências a respeito do assunto. Compreendemos a superlotação do Socorrão, por atender pacientes de diversos municípios, mas, não podemos aceitar essa situação. Não podemos nos calar vendo nosso povo morrer!” 

Visita- O vereador destacou também que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Imperatriz (Samu) está funcionando com uma estrutura abaixo do recomendado, portanto, verificará a situação. “Eu recebi uma denuncia que o Samu está funcionando com apenas cinco ambulâncias quando, na verdade, deveriam ser no mínimo nove. Diante disso, nessa terça-feira vou à unidade fazer uma vistoria e averiguar essa denuncia.” 

Fonte: Paula de Társsia