20/02/2014 21:31:47

Hamilton Miranda defende retirada imediata de postes de alta tensão‏

Ele disse que problema representa uma ameaça à segurança da comunidade de Imperatriz

. Foto:
Imperatriz – O presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, Hamilton Miranda de Andrade (PSD), disse nessa quinta-feira (20) durante audiência pública que discutiu a instalação irregular de postes de alta tensão no perímetro urbano da cidade, que “o povo foi pego de surpresa no mês passado com a colocação desses postes gigantes”. Ele mencionou que o problema também foi levantamento em plenário pelo vereador Rildo Amaral (SDD), 2º vice-presidente da Comissão de Planejamento, Uso, Ocupação, Parcelamento do Solo e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Imperatriz. “Passei a tarde dessa quarta-feira (19) andando pela região da Nova Imperatriz conversando com os moradores e verificando in loco a dimensão dos postes de alta tensão”, relata. Miranda salientou que a empresa concessionária no fornecimento de energia elétrica não respeitou a população, sindicatos e conselhos, poderes legislativo, executivo e judiciário de Imperatriz. “Fui convidado para uma reunião com o executivo municipal e os diretores dessa empresa, mas preferir não participar para que esse problema fosse debatido nessa Casa de Leis”, asseverou. Para ele, “é preciso haver respeito com autoridades locais, pois entende que se acabar o respeito pelas autoridades o país viverá uma anarquia, embora reconheça a importância do projeto de expansão da rede de alta tensão proposto pela concessionária de energia elétrica”. “É preciso melhorar o investimento, sem prejudicar a população de Imperatriz”, completa. Hamilton Miranda observa que a “fixação dos postes de alta tensão no meio das calçadas impede o processo de mobilidade urbana, onde exigiu uma explicação da empresa e defendeu a imediata retirada dos postes de concreto no passeio público”. “Essa empresa precisa retirá-los (postes) e consertar às calçadas, pois esse serviço foi iniciado quando essa Casa de Leis estava de recesso, caso contrário teríamos impedido essa colocação irregular”, disparou.

Fonte: