03/09/2014 00:07:31

Vereadores aprovam pedido de mandado de segurança contra a Caema‏

Cobranças de taxas indevidas e a falta de água deixam vereadores indignados

Vereador Chiquim da Diferro (PR) solicita mandado de segurança contra a Caema Vereador Chiquim da Diferro (PR) solicita mandado de segurança contra a Caema. Foto: Fábio Barbosa/Assimp

Imperatriz - O vereador Francisco Rodrigues da Costa (PR) encaminhou solicitação ao presidente da Casa Hamilton Miranda (PSD), impetração de mandado de segurança contra a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), durante a sessão desta terça-feira (02). O documento exige a suspensão da cobrança das taxas de esgoto e das contas enviadas aos consumidores de Imperatriz que se encontram inadequadas.

O vereador justificou sua solicitação por não entender como o povo ainda carrega lata d’água na cabeça tendo um rio tão grande na cidade e ainda para provocar o poder público a tomar uma decisão.

“A Caema tem que respeitar o povo de Imperatriz. É importante nós vereadores lutarmos por essa causa, já que o dinheiro arrecadado não é investido aqui, vai todo pra São Luís.”

O tema vem sendo discutido já há alguns dias em plenário e a solicitação foi votada e aprovada por unanimidade.

O vereador Carlos Hermes Ferreira da Cruz (PC do B) se declarou satisfeito com o levantamento do tema e com a reavaliação da Casa frente aos desmandos da Caema. 

“Todos reafirmam a ideia de que nós temos que fazer alguma coisa. Já estamos com a CPI popular da Caema em curso. Já foi feita a primeira reunião. No próximo dia 4 será feita outra reunião, mais ampliada com participação do Ministério Público e Defensoria Pública. Esse é um momento de mobilização e estão todos convidados a participar. Vamos fazer uma ação coletiva, com o apoio da sociedade civil organizada.”

Fonte: Mari Marconccine