Professores municipais em greve impedem sessão na Câmara Municipal‏


Post

Imperatriz - Uma pequena parte dos professores municipais que continua em greve, pelo segundo dia consecutivo entrou na galeria da Câmara Municipal, impedindo a realização da sessão dessa quarta-feira (28) com um apitaço.

O barulho não permitiu que a sessão tivesse continuidade, sendo encerrada antes do horário previsto e sem a apresentação e discussão das indicações dos vereadores.

“Há dois dias não apresentamos nem encaminhamos projetos importantes para a comunidade. Temas relevantes deixaram de ser discutidos e votados”, informou o vereador-presidente Hamilton Miranda.

O Projeto de Lei Complementar, de autoria do Poder Executivo, que institui o Programa de Recuperação Fiscal do Município de Imperatriz (Profis), por exemplo, foi votado na última terça-feira, por ocasião da única sessão realizada nesta semana.

O presidente pediu a compreensão dos professores ao ocuparem a galeria da Casa de Leis para que as sessões possam ser realizadas de forma tranquila. Ainda segundo Miranda, 90% da classe já se encontra em sala de aula e apenas uma minoria está participando desses atos que impedem a sessão.