Bebé taxista diz que se as obras do estado forem retiradas de Imperatriz a cidade vira um ‏


Post

Data: 12/02/2020 | Fonte: Sidney Rodrigues - ASSIMP | Fotografo: Fábio Barbosa

O vereador Manoel da Conceição, o Bebé Taxista (Patriota) foi até a tribuna nesta quarta (12) falar dos últimos acontecimentos que farão vereadores mudarem de posição, pois muitos que antes não viam as ações municipais começaram a achar o prefeito um deus. E outros do nada começaram a ver as ações do governo do estado.

Para ele, Flavio Dino (PCdoB) tem sido um vereador, deputado, prefeito e governador de tudo que a cidade tem necessidade. São cinco anos de mandato e se tirar hoje o que o governador, o secretario Clayton Noleto e os dois deputados estaduais fizeram, a cidade vira um “socavão”, um buraco sem tamanho, onde todos os imperatrizenses iriam cair dentro, pois as ações feitas pelo município não condizem com as necessidades da população.

Aurélio (PT), comentou que tem muita gente angustiada pois o tempo da correria chegou e que se o governo do estado não tivesse feito as avenidas Itaipú, São Sebastião, Castro Alves, todo o Jardim São Luís, a casa do idoso e a casa da mulher na vilanova, os moradores daquele bairro não teriam mias nem como entrar em suas casas. “A cidade votou e o governador está retribuindo, fazendo o que é de responsabilidade da prefeitura”, disse.

Bebé afirma que que alguns colegas precisam tirar a venda dos olhos e que a casa de leis deve falar a mesma língua do começo ao fim do mandato, pois a cidade tem sofrido com a falta de ações da atual gestão.

“Estão afundando a cidade. Não podemos ser vereadores de conveniência que só defendem cegamente, devemos ter lealdade e amor a Imperatriz. Continuo nesta luta e espero que outros façam igual. A verdade vai aparecer, principalmente nos horários eleitorais onde vão mostrar os trabalhos do governador Flávio Dino nos 05 anos, do ex-prefeito Madeira nos 08 anos. E do atual prefeito nos 04 anos diante dos quase 3 bilhões de reais? onde estão as obras e o que será colocado no seu programa? Placas? Será um contraste dos que fizeram muito, contra o que diz que fez. É um absurdo que alguém ainda apoie essa gestão e venha mostrar placas de obras onde quase metade são de pontos de internet”, falou.

Bebé finalizou afirmando que depois do dia 4 de abril – último prazo para filiações partidárias - os discursos irão mudar e muito do que é falado hoje será bem diferente, inclusive lados e apoios.