07/05/2014 17:26:48

Imperatriz necessita de mais instituições que atendam aos portadores de necessidades especiais‏

A afirmação foi feita pelo vereador Marco Aurélio ao solicitar a criação de um centro integrado de reabilitação na cidade

Vereador solicita Centro de Reabilitação na cidade Vereador solicita Centro de Reabilitação na cidade. Foto:

Imperatriz - A criação de um centro integrado de reabilitação destinado aos portadores de necessidades especiais foi uma das indicações discutidas durante a sessão plenária desta quarta-feira (7).  

A solicitação foi feita pelo vereador Marco Aurélio Azevedo (PC do B), depois de constatar que as instituições da cidade não conseguem atender a demanda, já que recebem pacientes de várias cidades da região, citando a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), que desenvolve seu trabalho com muitas dificuldades. 

“Quando a família não consegue um atendimento necessário para o acompanhamento e desenvolvimento da pessoa portadora de necessidades especiais, em muitos casos, ela acaba sendo um fardo. Cada progresso, ainda que pequeno, na vida destas pessoas é um muito importante, e isso só é possível com atendimento especializado”. 

Justificativa - Na proposta de criação do centro, foram enumerados alguns fatores que justificam a criação: a insuficiente oferta de serviços com estrutura e funcionamento adequados às pessoas com deficiência; o estímulo á implantação de rede de cuidados às pessoas com deficiência no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir de critérios de equidade e da integralidade, como papel de todos os órgãos públicos, inclusive municipais; a demanda por serviços especializados em reabilitações auditiva, física, intelectual, visual, ostomia e em múltiplas deficiências sejam elas temporárias ou permanentes. 

Ainda segundo o vereador existem verbas federais para ampliação de instituições e em alguns casos de construção de novas unidades.  A indicação da criação de um centro de reabilitação, juntamente com o projeto da proposta, foi aprovada e encaminhada ao prefeito Sebastião Madeira e à secretária municipal de Desenvolvimento Social Miriam Reis Ribeiro. 

Fonte: