Aprovados em seletivo para agentes de Saúde voltam a cobrar nomeação por parte da Prefeitura‏


Post

Data: 13/08/2019 | Fonte: Carlos Gaby - ASSIMP | Fotografo: Sidney Rodrigues

Candidatos aprovados no processo seletivo para Agentes Comunitários de Saúde (ACS) realizado pela Prefeitura de Imperatriz voltaram a procurar a Câmara Municipal para reivindicarem imediata nomeação para o cargo. O seletivo, que completa dois anos agora em setembro, teve mais de 25 mil inscritos e cerca de 570 candidatos aprovados (com o cadastro de reserva).

            Nesta terça-feira (13), a Câmara Municipal realizou sessão de audiência pública com as presenças de candidatos aprovados, dirigentes da categoria e o promotor da Saúde do Ministério Público Estadual, Newton Bello Neto – a Prefeitura não enviou representante.

            A sessão foi presidida pela Comissão de Saúde, atendendo requerimento do vereador Carlos Hermes (PCdoB).

             Os aprovados passaram por curso de capacitação - ministrado por professores do curso de enfermagem da UFMA -, sobre noções básicas do trabalho de ACS, visita domiciliar, mapeamento e territorialização, estratégia de saúde da família, entre outros. Também fizeram teste final, de caráter classificatório e eliminatório, para avaliar o rendimento. Desde então, aguardam as nomeações.

            Para o vereador Carlos Hermes (PCdoB), a situação dos aprovados no seletivo não está recebendo a devida atenção por parte do Executivo municipal. "A situação é grave, diria até dramática, porque muitos dos aprovados deixaram seus trabalhos anteriores e agora estão desempregados, sem renda, e à espera de uma decisão que nunca chega", denuncia.

            Até agora, de acordo com o parlamentar, a única justificativa apresentada pela Prefeitura diz que o Ministério da Saúde "não liberou recurso para fim específico de pagamento dos seletivados”.